Página Inicial      |     Novidades

 



contato:




A D A P T S E

Escola de Arquitetura

Universidade Federal

Minas Gerais


Rua Paraiba 697

sl 125

Belo Horizonte

30130-140


contato@adaptse.org

(5531) 3409 8810

 

AGENDA

  • Para não deixar nada para trás... 
Siga o roteiro para inspeção da acessibilidade no meio edificado e saiba sobre a estratégia de registrar os elementos da rota acessível ...
  • Bem vindos ao ADAPTSE pela internet
    Esperamos oferecer-lhes constantemente preciosas informações e conexões úteis para que retornem a visitar-nos.

    Agradecemos por seu apoio e cooperação. 

    Por favor, nos avise caso encontrem problemas de navegação, de formato ou conteúdo. 

    Pedimos desculpas pelas possíveis falhas existentes, idéias ou citações incompletas, além da falta de acessibilidade para usuários com aparelhos leitores de tela. Iremos consertar tais problemas em breve..
    .
  • Estamos no Facebook! Com isso, iremos manter uma listagem de fatos selecionados e de comentários sobre temas associados à acessibilidade, design universal e sociedade inclusiva.
    Visite-nos: www.facebook.com/Adaptse
Aconteceu em 2013:
  • Palestras de Daniel Formosa e Sachiko Uozumi
O Laboratório ADAPTSE organizou palestras gratuitas ministradas por renomados designers e pesquisadores dos Estados Unidos na área de smart design e human-centered design. Ambos apresentaram, cordialmente, palestras para estudantes de arquitetura e design que se interessem em interface de linguagem e produtos com o conceito de design universal. 

Os temas foram:
- Design for everyone... body and minda
- Human Design... our workstyle

As palestras ocorreram na sala 200, da Escola de Arquitetura, localizada na Rua Paraíba 697, Savassi, nos dias 23/10 (quarta-feira) e 24/10 (Quinta-feira), no horário de 19:00hs às 22:00hs. 

As palestras foram distintas em cada dia.

Os assentos eram limitados e, por isso, houve pré-inscrição pelo email contato@adaptse.org. Nesse registro, foi necessário que o interessado informasse nome, origem (escritório ou instituição, ou empresa) e data em que participaria (quarta-feira, ou quinta-feira ou ambos os dias).

Aconteceu em 2012:
Congresso Internacional de Design Universal
Ocorreu em Junho. Prof. Marcelo Pinto Guimarães apresentou trabalho com a palestra: 

INTERPRETING UNIVERSAL DESIGN IN
ARCHITECTURAL EDUCATION

Aconteceu em 2011:
Ocorreu em Junho. Prof. Marcelo Pinto Guimarães apresentou dois trabalhos com palestras e poster:
    • UNIVERSAL DESIGN FOR SOCIAL INCLUSION: COMMUNITY BASED MODEL HOMES
    • HOLARCHIES FOR BETTER UNDERSTANDING OF UNIVERSAL DESIGN AS A SOCIALLY INCLUSIVE FACTOR.
Os trabalhos podem ser vistos no site do IDEA Center,
SUNY, Buffalo - NY, um dos organizadores do evento.
A participação foi possível através dos apoios da CAPES, da FAPEMIG e do NPGAU - Escola de Arquitetura da UFMG.

Aconteceu em 2010:
  • Revisão para uma nova versão da NBR 9050-2004
O Comitê  Brasileiro de Acessibilidade CB-40 da Associação Brasileira de Normas Técnicas tem organizado reuniões com os setores de gerenciamento e produção da atividade construtiva para avançar nas exigências técnicas sobre acessibilidade para todos.

As reuniões tem ocorrido em São Paulo, mas os diferentes grupos de trabalho formados para tratar dos tópicos específicos por área de interesse devem colher contribuições de grupos formados noutros estados.

O ADAPTSE se manifestou por uma participação à distância, convidando inclusive outros interessados, principalmente nas áreas de arquitetura, design, engenharia, administração, direito, planejamento urbano, turismo e terapia ocupacional a compor discussões locais sobre propostas de melhoria das normas técnicas.

Aconteceu em 2009:
  • Cartilha de Acessibilidade pela SEDESE-MG:
    O que os Prefeitos devem saber

    A Subsecretaria dos Direitos Humanos do Governo de Minas Gerais - SEDESE conferiu ao ADAPTSE a oportunidade de desenvolver uma cartilha ilustrada para as administrações municípios de modo a subsidiar discussões para planos locais de acessibilidade em cidades mineiras. A publicação impressa pode ser obtida na SEDESE e as partes da publicação em formato digital podem ser lidas na seção literatura do ADAPTSE.ORG.

  • Projetos de Acessibilidade para a EA-UFMG
    O ADAPTSE está prestando assessoria técnica ao Programa Campus 2010 da UFMG, que inclui muitas intervenções no espaço físico da universidade em preparação ao Projeto REUNI, Nesse trabalho, o ADAPTSE dará enfoque às práticas de design inclusivo para reformas e novas construções, inclusive no edifício da Escola de Arquitetura.

  • Aniversário da Legislação
    Em 02 de dezembro de 2009, o Decreto Federal 5296 completou cinco anos desde sua publicação. A importância disto é grande pois este Decreto-Lei federal regulamenta a Lei 10048, de 08/11/2000 e a Lei 10098, de 20/12/2000, as quais tratam respectivamente, de normas gerais e critérios básicos tanto para o atendimento prioritário quanto para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida.

    Assim, o Decreto Federal 5296 se constitui na mais ampla coletânea de exigências legais Brasileiras para a promoção da acessibilidade para todos. Ao completar cinco anos, o Decreto Federal 5296-2004 não tem sido obedecido em grande parte: prazos de implantação da acessibilidade em políticas governamentais, transportes e edificações estão perdendo o vigor sem que de fato todos os governos e empresas de várias escalas apresentem novas práticas mais inclusivas. Devemos, contudo, estarmos alertas para transformações em pequena escala, principalmente em função do trabalho dos agentes do Ministério Público.


Aconteceu em 2008 e antes:

ALERTA !!!

Contra o acobertamento e a prática de charlatanismo na acessibilidade ...

O Prof. Marcelo P. Guimarães denunciou à Câmara de Arquitetura do CREA-MG sobre a existência de pessoas sem graduação profissional na área de arquitetura e engenharia e que se fazem passar por experts em acessibilidade.

Espera-se que
os Sistemas CONFEA - CREAs  e  CAU impeça que tais pessoas continuem a oferecer cursos técnicos para profissionais pelo Brasil sobre as normas da ABNT.

"É compreensível que certas pessoas tentem tirar proveito de um mercado em expansão para se promoverem. Contudo, o Sistema CONFEA-CREAs e CAU não podem permitir que prevaleçam a falta de responsabilidade técnica, a falta de comprometimento ético e o descaso com a lei."

Colabore:
evite o charlatanismo...

verifique o
perfil profissional de seu instrutor ou consultor técnico!

verifique a experiência comprovada do autor do projeto e do executor de obras para acessibilidade!